PEDRAS ROLANTES

13 esculturas para o chão da cidade – Residência Artística de Bernardo Bagulho

A partir de dia 20 de Agosto, vamos encontrar 13 personagens escondidas por entre as pedras da calçada do centro histórico de Évora. São as PEDRAS ROLANTES, 13 pequenas esculturas de chão da autoria de Bernardo Bagulho.

“A ideia para este projeto” – conta Bernardo Bagulho -, “teve origem numa das muitas viagens que faço todos os dias pela cidade de Évora. Enquanto olhava para o chão e reparei na forma de uma cara muito humana escondida numa pedra. Lembrei-me que seria interessante inspirar-me em algumas das mais e menos conhecidas personagens desta cidade ao longo dos tempos e assim fazer uma série de esculturas que se fundissem com a cidade, no chão, que muitas vezes é o horizonte visual das pessoas que aqui passam todos os dias.”

Depois da residência artística no departamento de escultura em pedra da Pó de Vir a Ser, Bernardo Bagulho vai agora trabalhar com os mestres calceteiros para concretizar a sua instalação por entre as pedras da calçada.

Pode fazer o download do mapa das Pedras Rolantes, em formato pdf, aqui:

“Pedras Rolantes – 13 esculturas para o chão da cidade” de Bernardo Bagulho foi um projeto realizado no âmbito da Chamada para Novas Criações do Artes à Rua – Festival de Artes Públicas de Évora 2019.

fotografias de @CarolinaLecoq

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.